Próximo limite: a matemática serve para alguma coisa

A Next Limit ganhou o prestigiado "European 2006 ICT Prize" (Maxwell Awards, reconhecidos como os "Óscares Europeus" da inovação), pelos seus produtos de simulação de fluidos e luz. Agora, a Next Limit Technologies, criada em 1998 por Victor Gonzalez e Ignacio Vargas, dois engenheiros entusiasmados com a criação de ferramentas de computação gráfica baseadas em modelos científicos, confirma o seu imparável reconhecimento internacional após ter sido galardoada há alguns meses pela Academia de Hollywood com o "Technical Achievement Award", considerado o Óscar técnico por excelência. Trata-se do primeiro Technical Achievement Award espanhol em 40 anos.
O curioso é que esta empresa baseia a sua I&D na matemática e na física, a primeira afirmação é particularmente notável, pois temos um cliché mental em que a matemática é um conjunto fechado baseado numa linguagem especial; bem, não, na matemática há investigação, o que significa que ainda há muito a fazer, mas também, a partir da investigação matemática podem ser criadas empresas, e não precisamente empresas de consultoria contabilística, mas conseguem fazer coisas tão impressionantes como a simulação tridimensional da lava da terceira parte de O Senhor dos Anéis. Nem mais nem menos, algo que coloca Próximo limitee, por conseguinte, Madrid no mapa.


Comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de correio eletrónico não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Português