Crise 3.2 fase 7 da bolha de Minsky

Hyman P. Minsky foi um economista de renome, falecido há 13 anos, que desenvolveu a Hipótese da Instabilidade Inerente, na qual fala da inevitável formação de bolhas devido à falta de regulação estatal do mercado. Descreveu também as fases por que passam todas as bolhas financeiras, de forma a poder prevê-las e combatê-las a tempo. As fases de uma bolha, de acordo com Minsky, são

Cobertura

1ª fase: Todas as crises financeiras começam com um choque: uma mudança na política económica, a invenção de uma nova tecnologia, ou também podem ser mudanças abruptas nas taxas de juro.
2ª faseUma vez efectuada a transição, os preços começam imediatamente a subir.

B- especulação
3ª fase: A combinação de melhores condições económicas e taxas de juro baixas promove o crédito fácil.

4ª fase: o crédito fácil estimula o consumo e sobreaquece o mercado na sequência do aumento das despesas de consumo

5ª fase: Euforia

C- Esquema Ponzi ou Pirâmide

6ª fase:Alguns especuladores apercebem-se de que foram longe demais e começam a vender.
Fase 7: A saída dos peritos é sentida pelo resto do mercado.


Comentários

Um comentário a "Crise 3.2 fase 7 da bolha de Minsky”

  1. [...] para a fase 7 da bolha [...].

Deixar um comentário

O seu endereço de correio eletrónico não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Português