A minha leitura de #spanishrevolution II Justificação

Existe uma ferramenta que funciona com etiquetas do Twitter e chama-se hashtagify. Se começarmos por pedir-lhe para pintar as etiquetas que estão mais relacionadas com #leysinde encontramos o seguinte:

Com uma correlação de 16% com #leysinde a etiqueta aparece #nolesvotos,

#nolesvotos por sua vez, correlaciona 17% com 1TP5Revolução espanhola e 16% com #acampadasolA #spanishrevolution serve assim de nexo para todas as que se lhe seguiram.

Mas está de novo muito bem correlacionado (31%) com o #acampadasol, o que nos diz que o #spanishrevolution é o fio condutor da história e o #acampadasol a sua medida de estrela. É de notar que o #spanishrevolution ainda não existia quando o #leysinde foi popularizado.

Em suma, o rastilho foi aceso com a aprovação da Ley Sinde, uma vez que esta é uma sistema emergente baseia-se em pequenas interacções; assim, o que era inicialmente pequeno foi amplificado e transformado em algo muito maior e que já não tinha nada a ver com a reivindicação inicial.

Ou seja, as pessoas foram protestar na Puerta del Sol porque estavam indignadas com muitas coisas, não apenas com a Lei Sinde, que de facto foi diluída. Os acampados esqueceram-se da Lei Sinde e protestaram contra outras coisas, mas foi ela que acendeu o rastilho.

Posts relacionados

A minha leitura de #spanishrevolution


Comentários

2 comentários para "A minha leitura de #spanishrevolution II Justificação”

  1. [...] De #leysinde a #spanishrevolution: análise gráfica de hashtags javiercuervo.com/?p=989 by susinho 1 seconds ago [...]

  2. O #leysinde bem como o novo #leypajin que está a chegar são e devem ser na minha opinião os pontos que não se podem perder de vista pois são os meios pelos quais se está a tentar chegar a um controlo (leia-se censura) da net. É preciso avaliar que no tempo de um par de gerações sem este atual meio global de difusão de informação e cultura livre (e visto o que resta dos outros) não restará muito a fazer...:((((

Deixar um comentário

O seu endereço de correio eletrónico não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Português