Nespresso, ou como aumentar o preço do café por um fator de seis.

Se há uns dias critiquei The Lean Startup, e hoje Quinta-feira Tirei da boca o que penso da moda do gin tónico de 15 euros e só me restou falar de como se pode inflacionar o preço do café quando se está a ficar sem margens.

Vamos descer um pouco a parada. Cada cápsula Nespresso tem 5g de café e é suficiente para fazer uma chávena de café; cada cápsula custa cerca de 35c€.

 

Se 0,005 kg custar 0,35 euros

1 kg custaria 70 euros

A Bonka é uma marca de café que pertence à Nestlé, tal como a Nespresso, bem, o seu café mais caro, a Colômbia pura, custa 12€/kg para os 70€/kg das cápsulas.

Objecções ao senso comum:

1) Sim, mas há uma tecnologia por detrás disso, o café que fazem é diferente.

Em WikipédiaEmbora as máquinas estejam disponíveis nas lojas e sejam fabricadas por diferentes empresas, as cápsulas Nespresso estão sujeitas a um sistema de patentes fechado, pelo que só podem ser fabricadas pela Nestlé..

2. a tecnologia também se encontra em cápsulas

São feitas de alumínio, como as latas de refrigerantes ou as lancheiras dos restaurantes; não são um salto em termos de design e não são embaladas numa lata de alumínio. atmosfera especial.

3. Sim, mas pelo menos reconhece que a ideia é boa.

E do ano 1970 também

No entanto, lançaram o produto em grande estilo e demonstraram o grande poder financeiro da Nestlé ao sustentá-lo durante anos e anos, perdendo dinheiro. Alcançaram convencer-nos que as cápsulas são baratas em comparação com beber café num bar, mas nem as cápsulas nem as máquinas de café italianas limpam a chávena e a colher, e muito menos vêm com uma saqueta de açúcar ou permitem-nos ir à casa de banho quando estamos na rua.

O problema da Nestlé era um problema de 1997 quando a sobreprodução de café fez baixar os preços, reduziu as margens e abriu a porta aos concorrentes, quer pelo preço quer pela solidariedade. Porque é que inventariam algo se pudessem tirá-lo do armário, o seu negócio não eram as máquinas mas o café, por isso criaram uma norma abertaAté agora, tudo bem. Outra coisa é que se o café passar de 12 euros para 70 euros/kg, não é uma piada, George Clooney por George Clooney.

Escrevi este texto há pouco mais de dois anos aqui

Comentários

4 comentários para "Nespresso, ou como aumentar o preço do café por um fator de seis.”

  1. Não fazia ideia de nada disto 😛 XD

    1. Diz ao Alex, à Franlie e ao Lou que não há problema. Esta coisa do blogue é uma catarse, eu arranjo um capacete e fico bem. Não os vou perseguir sempre que forem tomar um café à nossa sede mundial para o mundo.

  2. Em Espanha, autorizam a Marcilla a comercializar cápsulas de plástico compatíveis. Em França, fizeram valer a patente, mas não aqui.
    http://economia.elpais.com/economia/2011/05/04/actualidad/1304494379_850215.html
    A diferença é que são de plástico e demoram mais tempo do que os originais. Mas são igualmente maus
    Um abraço

    1. Mas a diferença de preço é mínima. Não creio que seja assim tão dispendioso fabricar as cápsulas, mas sim que existe um acordo tácito.

Deixar um comentário

O seu endereço de correio eletrónico não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Português